Afinal, quando usar escova de dente no bebê?

Afinal, quando usar escova de dente no bebê?
2 anos atrás

Segundo a Associação Brasileira de Odontologia (ABO), é recomendável começar a higiene bucal com a escovação logo quando o primeiro dente nascer, o que acontece a partir dos 6 meses. Mesmo que os primeiros dentinhos sejam de leite, eles também precisam de cuidados.

A dentição temporária pode sofrer com o acúmulo de tártaros e as temidas cáries. Além disso, esses cuidados desde cedo interferem diretamente na mastigação de alimentos sólidos e no desenvolvimento saudável dos dentes permanentes.

Nessa fase, é aconselhável levar o bebê a uma consulta com o odontopediatra para esclarecer dúvidas sobre como iniciar a escovação infantil. Esse profissional também pode orientar as mamães e os papais sobre as medidas necessárias para o bom desenvolvimento da saúde bucal da criança.

Como escolher a melhor escova de dente para bebês

No mercado, é possível encontrar uma infinidade de modelos de escovas de dentes para bebês. Dessa forma, podem surgir muitas dúvidas sobre qual opção escolher. Fatores como diferenciais, cerdas, personagens e a faixa etária devem ser considerados. Para saber mais, siga a leitura até o fim.

Escolha a faixa etária conforme a idade do bebê

Adotar uma rotina de higiene bucal desde o surgimento dos primeiros dentinhos é uma prática recomendada por muitos dentistas e pediatras. A escovação evita doenças e promove uma arcada dentária mais saudável para o futuro. Para escolher a opção certa, é necessário considerar a idade do bebê.

A indicação de uso conforme a faixa etária está relacionada ao tamanho da cabeça e o cabo da escova. No mercado, há opções indicadas de 0 a 24 meses e algumas até os 36 meses, ou seja, 3 anos. Existem ainda alguns modelos que podem ser usados tanto por bebês quanto por crianças de até 6 anos.

Para uma escovação mais delicada, prefira a escova de dentes com cerdas ultra macias

De maneira geral, as escovas de dentes para bebês possuem as cerdas macias. Esse é um fator importante, pois a boca do bebê é mais delicada e pode machucar com facilidade. Além disso, o uso de cerdas macias é recomendado por muitos dentistas desde a infância até a idade adulta.

Entre as opções disponíveis para os bebês, é possível encontrar produtos com cerdas macias, extra macias e ultra macias. A cerdas macias e extra macias são ótimas alternativas para crianças que já possuem dentes, pois elas ajudam a remover placas bacterianas e resíduos de alimentos com maior facilidade.

Já as escovas com cerdas ultra macias são indicadas para bebês que possuem poucos dentinhos, visto que essa opção realiza uma higienização mais suave nas gengivas e nos primeiros dentes de leite. Além disso, é uma escolha viável e mais delicada para a iniciar a escovação nos pequenos.

Analise os diferenciais que tornam a escova mais completa e funcional

Na hora de escolher a nova escova de dente, é importante observar os diferenciais de cada modelo. Afinal, essas diferenças tornam o produto mais completo e funcional, além de facilitarem a escovação. Dessa forma, confira a seguir as principais características que compõem as escovas de dentes para bebês:

  • Trava e anel de segurança: quando acoplado na escova, esses dispositivos evitam o avanço excessivo na boca do bebê e também servem de apoio quando a escova estiver pousada.
  • Cabeça emborrachada: as escovas com essa característica possuem a cabeça com película protetora, geralmente de silicone. Isso evita atrito nas gengivas e dentes do bebê.
  • Cabo ergonômico e alongado: desenvolvido para facilitar a pega, além de permitirem que os pais segurem a escova de dentes junto com o bebê durante a escovação.
  • Cabo antiderrapante: evita que a escova escorregue durante a higienização oral.
  • Base no cabo: presente no final do cabo, esse dispositivo permite que a escova fique em pé sozinha. Também facilita a secagem das cerdas.
  • Capa protetora: protege as cerdas após o uso, evitando que elas fiquem expostas a sujeiras e bactérias.
  • Porta escova: é uma espécie de estojo que guarda a escova. Ótima opção para carregar na bolsa ou mochila do bebê.

Confira se a escova de dente para bebês é livre de BPA

Também conhecido pela indústria como Bisfenol A, o BPA é um ingrediente químico presente em muitos utensílios do dia a dia, como garrafas, potes de plástico, itens descartáveis, entre outros. Segundo estudos em desenvolvimento, o BPA pode afetar o sistema endócrino e hormonal de crianças de 0 a 12 meses.

Essa substância foi proibida ou limitada para uma pequena quantidade a determinados produtos de uso infantil, como pratos, chupetas, talheres e mamadeiras. Com isso, muitos fabricantes não utilizam esse elemento na produção das escovas de dentes para bebês, uma medida que ajuda a proteger as crianças.

Se você busca um produto livre de BPA, verifique atentamente no rótulo do produto ou no site do fabricante. Caso essa informação não fique clara, entre em contato com os canais de atendimento da marca e busque maiores esclarecimentos.

Veja se a escova possui desenhos ou personagens que despertam a curiosidade dos bebês

Uma forma de atrair a atenção da criançada e estimular a escovação é apostar em escovas com elementos que divertem e despertam a curiosidade. É o caso das escovas para bebês com cores e formatos chamativos ou com personagens fofos que fazem sucesso entre os pequenos.

É possível encontrar escovas de dente do Mundo Bita, do Ursinho Pooh, da Lilica Ripilica Baby e da Galinha Pintadinha. Há ainda desenhos e formas mais genéricas, como borboletas, ursos, gatos, coelhos e hipopótamos. Algumas marcas oferecem o sortimento das cores como: azul, rosa, verde e roxo.

email

Se inscreva em nossa newsletter

Fique por dentro das novidades e promoções

Assinar
Precisa de ajuda? Converse conosco