Por que a anemia pode afetar a imunidade infantil?

Por que a anemia pode afetar a imunidade infantil?
10 meses atrás

A anemia é um problema de saúde muito conhecido, em especial a anemia infantil. De acordo com o Ministério da Saúde, até os 5 anos de idade, as crianças constituem o grupo de maior risco para deficiências de micronutrientes, como o ferro e a vitamina A, se tornando mais suscetíveis à anemia. A criança anêmica pode ter sérios impactos na sua imunidade e isso precisa ser acompanhado de perto. Para elucidar melhor as dúvidas sobre esse assunto, convidamos a pediatra Fabiane Durão. Confira!

O que é e quais os sintomas da anemia infantil?


De acordo com a pediatra, “anemia é, basicamente, quando há um número baixo de hemácias (glóbulos vermelhos) no sangue. Isso pode ter várias causas”. Ela também possui subtipos: há a anemia ferropriva, falciforme, hemolítica e talassemia, por exemplo. “Os principais sintomas são: fraqueza, palidez, pouca fome, prostração, palpitação e aumento da frequência respiratória”, relata Dra. Fabiane. 

Criança com anemia tem problemas de imunidade?

“A anemia afeta a imunidade porque diminui a quantidade de oxigênio que corre pelo corpo e já que as hemácias são responsáveis por esse papel e estão em menor quantidade na anemia, o corpo fica ainda mais debilitado. Além disso, o ferro é comprovadamente um fator importante para manutenção da imunidade. Uma das causas da anemia são baixos níveis de ferro, o que contribui para uma queda na imunidade”, esclarece a especialista.

Com a anemia, é comum que a criança fique mais propensa a adquirir outras doenças infecciosas, já que o sistema imunológico é afetado. Por isso, é muito importante o acompanhamento médico já nos primeiros sinais. “Para tratar a anemia, primeiro precisamos saber qual a sua causa. A anemia ferropriva (deficiência de ferro) é a mais comum. Para isso, usamos ferro via oral ou, às vezes, intramuscular ou venoso, dependendo do grau da deficiência, durante alguns meses”, comenta Dra. Fabiane. 

A alimentação também pode ser decisiva no combate à anemia infantil e no fortalecimento do sistema imune da criança. Carnes vermelhas, principalmente o fígado, possuem grandes quantidades de ferro e vitamina B12, nutrientes essenciais para combater o problema. Folhas verde-escuras, legumes como a beterraba e frutas com vitamina C também são ótimas alternativas, além do clássico feijão preto, rico em ferro. É importante lembrar que a recuperação é um processo gradativo e lento e a reeducação alimentar junto ao tratamento clínico são fundamentais para que a criança fique saudável.

email

Se inscreva em nossa newsletter

Fique por dentro das novidades e promoções

Assinar
Precisa de ajuda? Converse conosco