Quando nascem os primeiros dentes do bebê?

Quando nascem os primeiros dentes do bebê?
2 anos atrás

Normalmente, os primeiros dentes aparecem por volta dos seis meses de idade, mas isso pode acontecer antes ou depois (entre três meses e um ano). E não há motivo para preocupação, já que cada criança tem seu próprio tempo. De acordo com a SBP, o mais comum é que os primeiros dentinhos apareçam na seguinte forma:

  • Entre os 6 e os 10 meses: os incisivos centrais inferiores
  • Entre os 7 e os 12 meses: os incisivos centrais superiores
  • Entre os 7 e os 13 meses: os incisivos laterais superiores e inferiores
  • Entre os 12 e os 19 meses: os primeiros molares superiores e inferiores
  • Entre os 16 e os 23 meses: os caninos superiores e inferiores
  • Entre os 20 e os 33 meses: os segundos molares superiores e inferiores

Até os três anos, todos os vinte dentes de leite do seu bebê já deverão ter nascido. Esta dentição dura até os seis anos: neste período, os dentes de leite começam a cair e são substituídos pelos definitivos.

Até os três anos, todos os vinte dentes de leite do seu bebê já devem ter nascido. Esta dentição dura até os seis a oito anos: neste período, os dentes de leite começam a cair e são substituídos pelos definitivos.

Como aliviar os sintomas da primeira dentição do bebê?

O aparecimento dos primeiros dentinhos é uma etapa de muito desconforto para os bebês. Além de estar irritado e incomodado, o bebê também pode apresentar salivação excessiva e muita vontade de mastigar para coçar as gengivas. Isso faz com que leve qualquer objeto à boca, que carregam microrganismos causadores de febre e diarreia.

Existem alguns truques para aliviar os sintomas e ajudar o bebê a passar por essa fase:

  • Mordedores de diferentes materiais, inclusive os que podem ser levados para a geladeira.
  • Paninhos embebidos em água gelada.
  • Picolé de leite materno.
  • Picolé de frutas feito em casa (para os maiores de 6 meses).
  • Frutas geladas, como melancia, em cortes para segurar e morder.
  • Mergulhar o seu dedo em água gelada e massagear a gengiva do bebê antes de amamentar. Isso pode te poupar de uma mordida.

Massagem 

Além de massagear a gengiva do bebê com o dedo gelado, uma dedeira macia específica ou uma gaze umedecida, outra boa dica é massagear o corpo todo com o óleo de massagem ou hidratante. Isso tira o foco da dor e desconforto e promove o bem-estar geral no momento de carinho entre vocês.

Atenção nos demais cuidados com o bebê

Como a salivação nesse período é excessiva e pode criar uma vermelhidão em volta da boca do bebê, é preciso tomar alguns cuidados extras:

  • Limpe a baba com um pano macio e não deixe a pele molhada.
  • Troque o babador com frequência para criar uma barreira entre a saliva e a pele do pescoço e peito do bebê.
  • Invista em um gel lavante que não agrida mais a pele. Produtos agressivos podem piorar a vermelhidão.
  • Passe um creme reparador hidratante em volta dos lábios, queixo e pescoço, para reforçar a barreira protetora da pele.

Para os casos em que o bebê apresenta uma leve diarreia, é importante prestar atenção à troca de fraldas. Produtos que promovem limpeza sem agredir a pele e cremes adequados para a idade, como água de limpeza sem enxágue, lenços umedecidos livres de ingredientes questionáveis e cremes preventivos de assaduras são imprescindíveis para manter longe a irritação da pele e possíveis assaduras.

Consulte um pediatra para uma avaliação dos sintomas

Os primeiros dentinhos que aparecem são os incisivos centrais inferiores (embaixo, no meio da gengiva) e os sintomas podem variar de criança para criança. Quando a dentição começa a aparecer, o ideal é que o próprio pediatra do pequeno faça uma avaliação. De acordo com cada caso, o médico poderá receitar produtos, medicamentos ou alimentos que possam ajudar a aliviar a irritação, coceira, febre e até uma possível diarreia.

Evite utilizar, por conta própria, qualquer tipo de gel ou creme para amenizar os sintomas, poucos são recomendados por especialistas e podem causar reações adversas.

Devo levar o bebê ao dentista?

Com o nascimento dos primeiros dentes do bebê, é importante cuidar da higiene bucal. Em primeiro lugar, converse com o pediatra para que sejam estabelecidos bons hábitos alimentares, deixando de lado comidinhas que facilitam o surgimento de cáries.

Vale, também, consultar um odontopediatra para receber orientações sobre a higiene bucal e outros cuidados para garantir que o bebê tenha dentes de leite saudáveis, assim como os permanentes que estão por vir com o passar dos anos.

Escovação

A escovação três vezes ao dia é necessária a partir do nascimento do primeiro dente. Deve-se usar uma escova macia e pequena, juntamente com pasta de dente com flúor. Pode ser usada a mesma pasta dos adultos, na quantidade correta, que é do tamanho de um grão de arroz cru até que a criança aprenda a cuspir.

Com essas dicas e o acompanhamento de profissionais habilitados, os momentos da erupção dos primeiros dentinhos do bebê gerarão um incômodo menor. Depois, é só aproveitar os sorrisos e gargalhadas mais fascinantes do mundo.

email

Se inscreva em nossa newsletter

Fique por dentro das novidades e promoções

Assinar
Precisa de ajuda? Converse conosco