Saúde infantil: quais são as doenças mais comuns no inverno?

Saúde infantil: quais são as doenças mais comuns no inverno?
12 meses atrás

As infecções transmitidas por via respiratória são os problemas mais frequentes para a saúde das crianças no inverno. As gripes e resfriados causadas por vírus são  as principais. Outras Infecções, como otites, amigdalites, sinusites, pneumonias e meningites também são comuns nessa época. Podem ser causadas tanto por vírus quanto por bactérias, dependendo da doença.

“Também é muito comum no inverno a descompensação das doenças alérgicas em crianças. Alergias respiratórias como rinite alérgica e asma brônquica são exacerbadas nessa época do ano. Alergias de pele, como a dermatite atópica são outros problemas que costumam piorar neste período de frio”, complementa a imunologista Roberta Rodrigues.

Fatores que influenciam o surgimento de doenças no inverno

Além da mudança brusca de temperatura, outras características do inverno também contribuem para o aumento dessas infecções, por tornarem o ambiente favorável para a proliferação e disseminação de vírus e bactérias. A diminuição da umidade do ar, baixo índice de chuvas e o aumento da poluição são fatores de destaque nesse sentido.

“Ambientes pouco arejados e ventilados, abafados, com conglomeração de pessoas são propícios para circulação e transmissão de vírus e bactérias (vale destacar aqui que no inverno as pessoas tendem a ficar mais em ambientes fechados). Alérgicos com via respiratória ressecada pela baixa umidade do ar estão mais predispostos a inflamação e descompensação dos quadros alérgicos”, explica Roberta.   

Tratamento de infecções em crianças

Para que as crianças não tenham essas doenças no inverno, os pais devem tomar alguns cuidados, como evitar contato excessivo com outras crianças em locais fechados e reforçar a imunidade delas para combater possíveis invasores (o que pode ser feito por meio de alimentação saudável e rica em nutrientes importantes diversos). Caso não seja possível se livrar das infecções, deve-se buscar o diagnóstico correto e o tratamento adequado para o fortalecimento da imunidade.

email

Se inscreva em nossa newsletter

Fique por dentro das novidades e promoções

Assinar
Precisa de ajuda? Converse conosco